Areias ao Vento
Sobretudo sobre o nada da existência arte,filosofia,e ciência; sobre tudo e sobre nada:do oculto e da sapiência

Palavras perdidas no tempo como Areias ao Vento...

Palavras perdidas no tempo como Areias ao Vento...


Escrever um weblog pode ser praticamente um solilóquio (falar sozinho), ainda mais quando isso está previsto desde o título: Areias ao Vento...
Realmente as mulheres preferem o Areias ao Vento, bem como simpatizam com Gregory Grimaud.No entanto, toda a literatura produzida no Brasil é caracterizada pelo fenômeno de ser apreciada pelas mulheres e analisada pelos homens, porque as primeiras lêem com sentimento e os homens o fazem com a razão.Ultimamente as mulheres brasileiras estão mostrando que a regra está em franca transformação. Como um artista inconfessável, admito que nunca valeu mesmo de nada escrever este weblog.E quem disse que eu preciso de razão para continuar escrevendo este monte de merda literária?Onde faltar a razão, sobrará o sentimento.Exato, o post de Paes não foi por acaso.Obrigado a todas as meninas e mulheres , as meninas-mulheres e as mulheres-meninas, que continuam bravamente me incentivando a prosseguir vencendo a fúria do tempo, jogando palavras como areias ao vento. G.G.


Solvitur Ambulando
(tudo se resolve andando)
0 comentários:

Followers