Areias ao Vento
Sobretudo sobre o nada da existência arte,filosofia,e ciência; sobre tudo e sobre nada:do oculto e da sapiência

MOVIMENTO RESSURGÊNCIA

Marcadores:
MOVIMENTO RESSURGÊNCIA


--------------------------------------------------------------------------------
POETAS, PINTORES, ESCULTORES, ESCRITORES ARTISTA DE TODO TIPO



Vamos retornar a busca da arte perfeita, vamos representar a imagem,

com respeito a sua criação, e não cooperar com o absurdo das distorções.



Vamos construir as poesias com o charme a beleza e a elegância de sempre.



Vamos respeitar a criação dos GRANDES MESTRES, aprendendo com eles;

quando houver modificações do convencional, seja esta, evolutiva, harmônica,

lógica, e não uma revolta contra os padrões das escolas tradicionais.



Arte não se explica, só se admira, aquele que junto a sua obra, precisa dar um folheto,

explicando o que é " aquilo ", nunca será um artista. . .





A arte jamais escandaliza, ela simplesmente deslumbra o seu observador.



E visto isto



EU OS CONVIDO PARA:



1 - Visitar o passado e conhecer os Grandes Mestres



2 - Inspirados por estes Mestres, realizar trabalhos de arte real, tendo como alicerce as suas obras.



3 - Criar novas representações de arte, como foram criadas as primeiras, com respeito a forma, a figura,

o estilo, mantendo o respeito pelos sentidos humanos em conformidade com o entendimento destes sentidos,

que a sua arte não precise ser explicada, e sim reconhecida por estes sentidos.

Que nunca sejam aberrações da criação divina, que as flores pareçam flores,

que as pessoas tenham na sua criação figurativa e representativa o formato de pessoas realmente

e não de monstros disformes.

Que as suas esculturas, pareçam o máximo com o objeto retratado, e não uma piada destas.



4 - Em sendo poetas, sejam as suas poesias, românticas ou simbólicas, um degrau acima, da técnica usada

pelos mestres desta arte, e não figura de anarquia daqueles padrões,

que a sua poesia não sirva de objeto de revolta e subversão dos padrões vigentes desta arte.

Cantem a sua poesia o amor, a guerra, a amargura, falem de fatos, de fantasias, sejam elas realmente

poesias, com rima, métrica, compasso e forma, como deve ser e sempre foi.



5 - Que respeitem a intelectualidade, procurem intelectualizar-se, que procurem salvar-se, estudando, lendo,

observando a maneira de realizar da natureza, sempre no sentido da perfeição, e salvar-se eu disse,

pois só o conhecimento salvará o homem, a ignorância é a pior das prisões,

ignorante o homem é prisioneiro eterno sem chance de liberdade.



6 - Recusem participar de grupos de anarquistas da arte, concursos de poetas sem rima, métrica etc.

Não se permitam ser avaliados por júri de pessoas comprometidas com " modernismos " ,

antes de participar de qualquer evento de arte, verifiquem as suas origens, fujam de tudo com

o rótulo MODERNO ou MODERNISTA, pois você deve ser sempre um ativista da ATUALIZAÇÃO,

da CONSCIENTIZAÇÃO, como a natureza não dá saltos, a arte evolui como ela, porém não se revolta,

não renega o degrau anterior da sua evolução. Sejam renitentes as palavras LIVRE, VERSOS LIVRES,

VERSOS SOLTOS, POESIA LIVRE etc . Estes termos escondem pessoas incapazes de fazer como

mandam as regras, a arte, em não conhecendo a arte e desprezando as regras,

fazem de qualquer maneira, rotulando as suas aberrações, a sua incompetência, de MODERNISMO ...

Não existe ARTE MODERNA, arte pode ser contemporânea, atual, porém,

será sempre e simplesmente ARTE. . . !!!



7 - Respeite a arte dos Grandes Mestres, imite-os, os bons devem ser imitados, e não tripudiados.

Observe os seus trabalhos, disseque-os, caso possível faça melhor, igual, semelhante,

porém nunca pretenda, caso não consiga imita-los, destruir o valor real das suas obras.



São só estes 7 itens, parecem poucos, porém suficientes, vamos exerce-los não por uma Semana,

como aconteceu em 1922, e continua a acontecer todos os anos, uma semana de loucura,

de desvarios da arte, de desrespeito pelo belo, não seja só uma semana

mas sempre, eternamente, e seremos dignos da palavra ARTISTA ou se formos bons, MESTRES ...!!!



Paulo Porphirio Ferreira


Nota: a minha opinião com relação à subversão da arte é que é preciso, primeiro e antes de subverter , conhecer a técnica. Eu, por exemplo, sou um verdadeiro poeta, isto é, capaz de rimar e metrificar, capaz de escandir, criar estrofes e declamar. Apesar de ser um verdadeiro poeta, prefiro me expressar através das conquistas do Modernismo, através de poemas sem rima e sem métrica, isto é, prosa romântica.

0 comentários:

Followers