Areias ao Vento
Sobretudo sobre o nada da existência arte,filosofia,e ciência; sobre tudo e sobre nada:do oculto e da sapiência

Eu sou a favor

Eu sou à favor da reforma do Judiciário. Apesar de alguns juízes , magistrados e outros sentirem seu poder diminuído e orgulho ferido com essa possibilidade.


Eu sou à favor do Programa Fome Zero, e acredito que somente um nordestino poderia tê-lo concebido.E creio que seja algo viável, apesar dele ser criticado por políticos, que conseguem favores, votos e verbas às custas da fome e da miséria do povo sertanejo. Igualmente duvido das críticas da Igreja, porque ela também costuma angariar donativos para os "pobrezinhos famintos" e gosta de ser a suprema senhora da caridade que, no entanto, é coisa do povo bondoso brasileiro: bondade que independe de fé. E também duvido dos intelectuais que criticam a metodologia e inviabilidade do Fome Zero, porque se trata de uma idéia muito simples: olhar para o lado e ver o próximo. Imagine o seguinte: se cada pessoa que fosse comer olhasse para o lado e desse de comer a uma faminto,saciaria-se a fome. Agora vamos imaginar toda uma nação fazendo isso, através das instituições, organizações e empresas.Adeus fome, tchau miséria. Simples assim.


Eu sou à favor de restruturar a nossa polícia segundo o padrão norte-americano. Quem conhece sabe; quem sabe, conhece.


Acredito que o Estatuto do Idoso seja um passo importante, e que forme o par perfeito com o Estatuto da Criança e do Adolescente.Resta reformular o conceito de creche - que deve ser um local para pensar no futuro, sem se esquecer do presente - e também renovar os asilos - que devem ser locais para pensar no presente, sem se esquecer do passado.


Acho excelente a indicação do nosso presidente ao Prêmio Nobel da Paz, e muito bom que o Brasil lidere o G -21, e que pleiteie uma cadeira no Conselho de Segfurança da ONU. Podemos fazer tudo isso devido à nossa tradição de pacifistas.

0 comentários:

Followers