Areias ao Vento
Sobretudo sobre o nada da existência arte,filosofia,e ciência; sobre tudo e sobre nada:do oculto e da sapiência

Bush, Bush




TIO SAM VERSUS SADDAM


Bush, Bush , o corruptor do Espírito da América.
Aquele por quem clamam as línguas viperinas das fossas de enxofre.
Representante de forças negras que por trás de si se escondem e gargalham.
Que se contem os seus dias com lágrimas e sangue quando se deflagrar o conflito.
Bush, Bush, ser pérfido de semblante sombrio: mesmo se julgando o tal, não é o Senhor do Mundo.
Que a águia o veja do alto, que a pirâmide iluminada o siga nas trevas.
Que não conheça a paz enquanto fizer a guerra.
Que as suas mentiras se revelem ante o estandarte vermelho e azul.
Para que os filhos da Liberdade sejam conhecedores da verdade.
Bush, Bush, esta não é uma maldição, mas a única chance de salvação de sua alma negra.
Sob o seu governo ruiram as torres, foi ao chão o pássaro.
Que as torres destruídas se ergam,
Que o pássaro renasça das cinzas
Porque o poder que os derrubou não é o real poder que se pensa.
E o espírito que o anima não é o real Espírito da América.
Bush, Bush, ante os olhos do mundo não poderá mentir.
Desmascarados e ridicularizados serão os seus aliados.
Para que o mundo conheça a paz e o paraíso na matéria.


0 comentários:

Followers