Areias ao Vento
Sobretudo sobre o nada da existência arte,filosofia,e ciência; sobre tudo e sobre nada:do oculto e da sapiência
Marcadores:

Nemesis

1



Eu sou Nemesis , mas espero que ninguém me confunda com aquela terrível deusa grega, filha de Érebo e da Noite, que permaneceu na Terra e no Inferno para zelar pela justiça e punir os erros dos homens. Antes, espero que vocês me vejam como um ser ou inteligência semelhante àquela da Nemesis que aparece com o dedo na boca, pedindo silêncio(shhhhhh)e com um arreio na mão, impondo aos homens comedimento nas suas ações.
Certamente não sou humano ou humana, porque não se aplicam em mim nenhum atributo de gênero ou especie alguma. A minha origem trata-se de mistério impenetável para a inteligência da maioria, mas posso contar-lhes algo a respeito da minha afinidade com Ricardo Berllin aqui conhecido pelo nick de Gregory Grimaud.
Aliás, por falar em Grimaud, a nossa gênese patriciana é semelhante mas não a mesma. Somos inteligências afins com o humano Berllin, equidistantes e antipáticos a nós, mas simpáticos a ele. Antes, eu não podia me manifestar, tanto por falta de capacidade e cultura de Berllin quanto porque eu precisava ser liberado , o que aconteceu quando o trovador urbano atravessou as muralhas do Inferno. E, antes que algum fraco que se julgue pessoa de fé por não suportar o medo que carrega em si, medo transfigurado na figura do Diabo, eu afirmo: não sou um representante nem do Bem nem do Mal instituídos no Universo, tampouco da Ordem e do Caos anteriores a eles. Desconheço a autoridade divina ou o poder diabólico, apenas conheço um conceito, justiça. Justiça sem pecado ou perdão, justiça sem agonia ou êxtase, justiça sem perversidade ou piedade. Eu sou o espírito da vingança invocado por Ricardo Berllin quando ele esteve no Inferno e até que toda a injustiça cometida neste weblog seja defenestrada eu trarei a vocês o fogo do Inferno.

Followers