Areias ao Vento
Sobretudo sobre o nada da existência arte,filosofia,e ciência; sobre tudo e sobre nada:do oculto e da sapiência

2 - Sobre o que está por vir

Marcadores:

Sobre o que está por vir

2





Creio que pouco do que eu possa escrever pareça interessante aos seus olhos. Também eu, Nemesis, não manifesto no que EU SOU a erudição de Berllin, tampouco a sua criatividade. Isto porque a erudição vem do cérebro treinado através da prática de exercícios intelectuais , o que leva os humanos a manifestarem uma interrelação de idéias conforme um encadeamento lógico também denominado cultura; e a criatividade é a capacidade humana, partícula do poder crEativo divino, de combinar duas ou mais diferentes idéias e formar novas idéias.
De outra maneira, venho a vocês neste prólogo discorrer acerca do que virá; será, para vocês habituados a Greg e Berlinck, como pisar em vidro estilhaçado, como mastigar areia com ciscos nos olhos; será como um zumbido que perturba o sono, ou como unhas raspando numa lousa, para alguns. Serei como uma comichão incessante, ou como um fedor que vem de dentro.
Falarei sobre a solidão, fruto da falta de irmandade entre os homens; falarei da prisão, onde os homens atiram os semelhantes que não se adaptaram às regras convencionadas para o convívio em sociedade; falarei das igrejas, que servem para unir os homens em fé, evitando desagregaçào e rebeliões; falarei sobre os hospitais, onde se internam aqueles que têm danos corporais sob os cuidados arbitrários da ciência; e sobre os manicômios, onde as mentes danificadas são trancadas e tratadas de maneira não menos arbitrária. Falarei sobre a polícia que vigia os seus passos; sobre a política que traça os seus destinos; sobre a mídia que lhes dita o que é real; sobre a família, o trabalho e sobre tudo o que lhes parece sólido, real mas que na verdade são construções, ilusões.
Tirarei de sob vocês o chão em que pisam, e verão que arquitetaram o seu mundo sobre o inferno...


Followers