Areias ao Vento
Sobretudo sobre o nada da existência arte,filosofia,e ciência; sobre tudo e sobre nada:do oculto e da sapiência
A biblioteca

Estou de volta à biblioteca, de volta ao labirinto de livros de onde eu nunca saí: o meu inconsciente sempre insiste em continuar vagando por bibliotecas, sebos, bancas de jornais e revistas, revistarias, antiquários, e lugares do tipo. Mês passado sonhei com uma banca de revistas que era maior por dentro do que por fora. O motivo do sonho é evidente,voltei à colecionar algumas revistas da Marvel, publicadas pela Panini. A minha relação com bibliotecas começou na biblioteca do colégio, onde li coleções inteiras do Verne, Asterix, e outros livros. Sempre quadrinhos e literatura foram sinônimos para mim. Eu tinha uma conta na banca do Toninho ( de quem falarei em posts de memórias posteriores) e passava bastante tempo na biblioteca do Centro Cultural
0 comentários:

Followers