Areias ao Vento
Sobretudo sobre o nada da existência arte,filosofia,e ciência; sobre tudo e sobre nada:do oculto e da sapiência

símbolo = arquétipo = mito

Arquétipo urbano 1: O puxador de assunto

São aqueles tipos que iniciam uma conversa `a qualquer hora e em qualquer lugar mas não deixam você falar nada.


descrição
Eles estão em todo o lugar. Surgem do nada, ou do meio da multidão. Cercam você em lugares de onde não pode escapar, uma fila de ônibus, no caixa do supermercado, numa sala de espera ou num táxi. Qualquer fato pitoresco ou peculiar é usado como gancho para ele puxar um assunto e dar o início a uma conversa. Eles geralmente partem do geral através de uma palavra - chave provocante e lançam um olhar penetrante e inquiridor na sua direção esperando uma resposta. Aí esta a armadilha.

A minha experiência com um puxador de conversa.

Semana passada eu estava no deprimente e decadente terminal central de ônibus municipal quando uma figura bisonha se aproximou de mim. Era um velho magro, mas com uma musculatura rígida, principalmente no seu aparelho bucal. Eu estremeci ao ver que ele me olhava de soslaio. Percebi naquele instante que eu era mais uma vítima de um puxador de assunto. A sua aproximação foi um movimento muito estudado; ele estava olhando a minha calça rasgada. Sentou-se ao meu lado e lançou:

--Ainda bem que hoje se pode usar qualquer roupa, como essa sua calça rasgada, o que ajuda muito a economizar. -
tentei esboçar uma resposta mas ele prosseguiu:
--É... o dia hoje está abafado não acha?...mas essasuacalçafacilitamuito- ele estava tão afoito para falar que emendava uma palavra na outra e falava sem tomar fôlego. O objetivo era não dar chance de eu responder.
--também com essa poluição na minha época não tinha isso não, eu sei que a culpa é da Ford mas aprefeitura podia fazer alguma coisa não acha? Acha sim, mas você ainda é jovem quando eu tinha a sua idade a gente usava jeans até rasgar porque não tinha troca mas era aquele jeans grosso como chama mesmo...da levis? mas sabe eu tentei entrar no Palácio do Planalto vestido assim e fui barrado e tive que comprar um terno na loja só pra conversar com o meu primo que era paulista mas estava trabalhando em Brasília, aquele sujeito é que sabia curtir a vida, também tinha dinheiro, apesar de que os judeus detém o capital do mundo...(etc,etc,etc)

habitat: estão em todo o lugar.
aparência: qualquer uma(o problema é esse)
marcas e sinais: têm vincos nos cantos da boca, de tanto falar.
utilidade: nenhuma, pelo contrário.
periculosidade: média. podem levar você a um enfarte se você for pavio curto do tipo 'saraiva"
modus operandi: aparecem vindos do nada ou do meio da multidão e iniciam um monólogo neurótico e irritante que você é obrigado a ouvir.
objetos e armas: carregam objetos apenas para servirem como chamarizes para o início de um assunto: um jornal, uma Bíblia,etc.
nome científico: urbanus loucus verborragicus

Amanhã, o Arquétipo da Dona de casa o espera aqui



Se alguém se habilitar, mande-me uma caricatura, desenho, ilustração, charge...do puxador de conversa que publicarei aqui
0 comentários:

Followers